Continuous Delivery: o que é e benefícios de implementá-la

metodologia continuous delivery

A metodologia continuous delivery, utilizada no desenvolvimento de softwares, viabiliza processos mais ágeis, qualificados e com redução de custos operacionais. 

Ao longo deste artigo explicaremos com mais detalhes tudo o que você precisa saber sobre o conceito, suas vantagens e como aplicá-lo em seu negócio. Continue a leitura e fique por dentro. 

O que é Continuous Delivery?

Continuous delivery, ou entrega contínua, é uma estratégia utilizada no desenvolvimento de software que consiste em ciclos curtos que são produzidos de forma frequente, previsível e automatizada. 

O grande objetivo deste conceito é fazer com que esse processo seja ágil, ou seja, as etapas de construção, teste e liberação dos softwares acontecerão mais rapidamente se realizadas em processos repetíveis.

A entrega contínua tem como princípios básicos a automação nos testes, infraestrutura e deploy. Todos eles viabilizam a agilidade do processo, fazendo com que seja mais simples consertar erros e mensurar os resultados durante o desenvolvimento do software. 

Entenda o ciclo

Veja como ocorre o processo orientado pela metodologia continuous delivery

  1. Os primeiros ciclos são dedicados para a implantação das estratégias. Isto é, são realizados testes para verificar as versões antes do lançamento massivo;
  2. Cada alteração é aplicada em um ambiente de teste automatizado. Sendo assim, seu negócio terá a confiança de que o software pode ser implantado na produção com um simples toque de botão (“one-click demand”).

Leia também: Mensuração de resultados: confira como fazer de forma correta e assertiva

Continuous delivery e continuous integration: entenda as diferenças 

É comum confundirem a metodologia de Continuous Integration (CI) e Continuous Delivery (CD), mas, na verdade, elas são práticas complementares. Entenda melhor a seguir. 

Continuous Integration (CI)

Continuous Integration, ou integração contínua, diz respeito a automatização da fase de desenvolvimento do software, ou seja, a criação e testagem do código. 

Dessa forma, os desenvolvedores podem realizar testes contínuos sempre que o código for enviado para a aplicação. 

Logo, seu objetivo é evitar conflitos entre as ramificações, tendo em vista que muitas aplicações são criadas ao mesmo tempo

Com isso, é possível garantir a união de codificações desenvolvidas por diferentes programadores e assegurar a integridade do sistema principal.

Continuous Delivery (CD)

A fase de entrega contínua consiste na automatização da fase seguinte, ou seja, da entrega. Nessa etapa, sempre que um novo artefato de compilação é disponibilizado, ele automaticamente é direcionado para o ambiente desejado e implantado. 

Em suma, um negócio que implementa o processo baseado na metodologia de CI e CD automatiza as fases de desenvolvimento e entrega. Sendo assim, o negócio apresentará as seguintes particularidades: 

  • O código segue pronto para produção a qualquer momento; 
  • Todos os times devem disparar de forma manual a transição do desenvolvimento para implantação, o que disponibiliza o artefato de compilação automatizado para a implantação automática; 
  • Essas etapas se tornam muito mais simples, podendo ser realizadas com um simples toque de botão. 

Benefícios da metodologia Continuous Delivery

Listamos abaixo as principais vantagens de adotar as práticas da entrega contínua na rotina de seu negócio. Confira 

Minimização de riscos

Todo lançamento representa um risco, principalmente no atual momento em que vivemos, onde o mercado encontra-se cada vez mais volátil e incerto. 

Com a aplicação da metodologia de entregas contínuas, os deploys acontecem de forma mais constantes e rápidas. Assim, eles tornam-se eventos menores e, logo, menos arriscados. 

Mais qualidade

Por serem elaborados ciclos mais ágeis, pode haver o entendimento de que as entregas são feitas com menos qualidade. Muito pelo contrário, com a metodologia de continuous delivery, ou seja, com testes automatizados, é possível identificar erros mais rapidamente, o que libera tempo para os desenvolvedores focarem em etapas mais estratégicas, como usabilidade e segurança do software. 

Além disso, ao realizar pequenos lançamentos, seu negócio pode aplicar melhorias incrementais com mais frequência, atendendo assim às necessidades dos clientes de forma mais ágil. 

Redução de custos 

A prática de entrega contínua ajuda na redução de custos pelos seguintes motivos: 

  • Libera os desenvolvedores das tarefas repetitivas, deixando-os focar em etapas mais estratégicas; 
  • Torna os processos de software mais sólidos e ágeis; 
  • Implantação é mais bem sucedida e menos sujeita a erros; 
  • Evita o desperdício de esforços e de tempo. 

Melhoria constante

Por último, mas não menos importante, uma das vantagens proporcionadas pela prática de continuous delivery é o ajuste constante das funções do software. Assim, o sistema pode ser otimizado de forma ágil e pontual, melhorando a experiência do usuário. 

Leia também: Trabalho em equipe: 7 dicas para incentivar a prática na sua empresa

publicado em maio 27, 2022
por E-Dialog Agência
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Open chat