Ser multitasking dá resultado?

No mundo contemporâneo um atributo tornou-se fundamental aos sistemas operacionais instalados em computadores, smartphones e tablets o MultiTasking, ou simplesmente a capacidade de realizar mais de uma tarefa ao mesmo tempo. Não era difícil prever que essa característica também seria emulada pelos mais diversos profissionais a fim de se tornarem mais competitivos no mercado de trabalho. 

Desempenhar incontáveis tarefas simultaneamente virou sinônimo de produtividade, capacidade e excelência. Mas será que as coisas são como parecem? Nesse artigo vamos lançar uma lupa sobre esse assunto, a fim de investigar o que tem de realidade e mito sobre ser Multitasking

É possível ser MultiTasking de Fato?

Segundo especialistas em neurociência, não é possível dispensar atenção  a  mais de uma tarefa ao mesmo tempo. Na verdade, o que ocorre é uma rápida alternância entre uma tarefa e outra, tendo como resultado a ilusão de simultaneidade. Nosso cérebro nesse cenário de constante troca de tarefas libera uma carga de dopamina, que nos incentiva a permanecer nesse ciclo de falsa produtividade. 

Mais tarefas em menos horas?

Nesse processo de alternância nosso cérebro perde de 11 a 72 minutos para entender as variáveis da nova tarefa dependendo da complexidade, o que ao final do dia pode representar uma queda em até 28% da produtividade em relação a quem faz uma tarefa de cada vez.

Pode ser perigoso…

O profissional que pratica com frequência o Multitasking também está sujeito a aumentar o risco de depressão, ansiedade e até de doenças clínicas como diabetes e hipertensão. Isso porque o cérebro gasta muito mais energia e libera substâncias como cortisol e adrenalina em uma escala muito maior do que em condições normais.

O que fazer?

1- Uma tarefa de cada vez

O MindFulness, expressão em inglês traduzida livremente para Atenção Total, prega que todas as energias devem ser empenhadas em uma tarefa só de cada vez para obter eficiência e produtividade bem acima da média.  Pesquisas feitas em empresas americanas indicam que, quando estimulada, a Monotarefa pode representar um ganho de produtividade em até 150%

2 –  Evite distrações desnecessárias 

Para aplicar a atenção total (mindfulness) precisamos de um ambiente protegido das distrações, para isso pode ser necessário utilizar aplicativos de produtividade que bloqueiem mídias sociais. Mas o ideal mesmo é  perceber o momento em que o seu foco é perdido, identificar a causa e bolar uma estratégia para que não se repita. 

3- Organize suas tarefas com antecedência 

O Multitasking deve ser evitado, porém o dia-a-dia corporativo exige agilidade e organização. Uma tarefa de cada vez não significa que devemos alongar mais do que necessário o intervalo entre uma e outra. A sugestão é:  

  • Criar um quadro organizacional que conste as tarefas a serem desempenhadas no dia;
  • Calcular o tempo estimado para conclusão de cada uma; 
  • Ter ferramentas que lhe ajudem a automatizar processos;

Pode ser realmente desafiador cumprir as demandas e prazos a que somos submetidos a todos os instantes no ambiente de trabalho. Mas não há motivo para se desesperar e se sobrecarregar fazendo muitas coisas ao mesmo tempo, principalmente se você tiver estratégia correta e a organização necessária para realizar uma tarefa de cada vez.

publicado em julho 15, 2021
por admin
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Open chat