5 Noções Básicas de Gestão de Projetos que Você Precisa Conhecer

A gestão de projetos se aplica aos diferentes departamentos das empresas. Sua importância é percebida desde a organização das atividades realizadas no cotidiano da operação corporativa, passando pelos projetos desenvolvidos pela equipe de inovação, até a implementação de novas ideias.

Tal controle se faz necessário para manter as áreas e colaboradores cientes das atividades realizadas. Ao mesmo tempo em que possibilita aos gestores um panorama de ações e resultados, facilitando a tomada de decisão.

Conheça 5 técnicas para implementar a gestão de projetos na sua equipe:

1. Estruture o projeto

É fundamental listar as informações essenciais e todas as atividades que deverão ser realizadas em todas as etapas até a conclusão do projeto.

A análise deve estar voltada para o entendimento macro, alinhado ao mapeamento de ações feitas pelo gestor, com o objetivo de conhecer as influências internas e externas, positivas e negativas, que possam interferir na conclusão das atividades.

xdzcvAinda neste momento, os colaboradores e gestores devem avaliar as funções, habilidades e expertise de todos os membros da equipe. além de elencar os possíveis impeditivos ao decorrer do trabalho, como restrições de tempo e custo que podem atrapalhar a realização do projeto.

2. Planeje as atividades

A partir disso, o próximo passo envolve planejar todo o desenvolvimento do projeto. Esta etapa envolve determinar quais colaboradores serão responsáveis pelas tarefas, determinar o orçamento previsto, estipular um cronograma de ação, definir os prazos de entrega e os resultados esperados.

No geral, esta fase engloba a estrutura do projeto e produz um planejamento para formatar o escopo do projeto. Para isso, é fundamental dispor de uma equipe integrada, ativa e engajada. Com o objetivo de contar com a participação de todos os colaboradores na definição das ações a serem desempenhadas.

3. Avalie a execução

Esta etapa é a mais importante, afinal, é neste momento que as ações são colocadas em prática a partir da participação ativa dos colaboradores responsáveis pelo desenvolvimento das tarefas.

Em paralelo, se faz necessária a atuação dos coordenadores das atividades e membros da equipe. O objetivo é realizar as atividades da melhor forma possível, com recursos para o projeto, de acordo com o escopo.

Como esta fase também é a que mais demanda recursos financeiros, humanos e materiais, ela exige análise da equipe de gestão. Que deve atuar focada em seguir processos, propor sugestões de melhoria e tomar decisões em casos de mudanças imprevistas, determinando novas estratégias e readequando o planejamento.

4. Monitore os resultados

Após as primeiras entregas é imprescindível avaliar todas as tarefas já produzidas, para mensurar a eficácia das atividades e constatar se os resultados estão de acordo com o projetado no planejamento.

Esta etapa ocorre junto à etapa de execução, visto que, caso algum problema seja encontrado, este é o momento para implantar ações corretivas ou preventivas para obter a eficácia e qualidade necessárias para a conclusão do projeto.

5. Avalie os resultados

A etapa final envolve a análise de todas as entregas feitas junto aos resultados obtidos. A partir disso é possível mensurar se o projeto seguiu o planejamento e atingiu os objetivos definidos.

Mesmo que seja o momento de finalização, ainda podem surgir novas tarefas a serem realizadas para reverter alguma tarefa que não atingiu o objetivo e/ou solucionar um problema. Logo esta fase não se caracteriza como o fim das atividades.

publicado em fevereiro 4, 2021
por admin
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Open chat