Converse com um especialista
Gestão de projetos

Indicadores de desempenho: o que são, principais tipos e como usá-los

27 de agosto 5 min. de leitura

Para alcançar as metas e objetivos da empresa, uma etapa é fundamental: a criação de indicadores de desempenho. Por meio dessa definição, o negócio pode desenvolver estratégias assertivas para incentivar a melhoria contínua dos processos. 

Para isso, a organização deve ter claro um planejamento estratégico, de modo a definir prioridades dentro de cada departamento. 

No texto a seguir, vamos apresentar tudo o que você precisa saber sobre indicadores de desempenho. Indicaremos quais são os tipos mais comuns e como você pode usá-los em sua rotina. 

O que são indicadores de desempenho? 

Também conhecido como KPIs (Key Performance Indicators), esses indicadores ajudam as organizações a monitorarem os resultados em diversas áreas, entre produção, financeira, gestão, entre outras. 

Portanto, eles nada mais são que métricas que indicam o desempenho constante do negócio. Dessa forma, a empresa tem um termômetro quantitativo e qualitativo de suas estratégias, sendo possível modificar as ações sempre que os dados apresentarem como necessário. 

Tipos de indicadores de desempenho

Existem uma infinidade de indicadores e geralmente eles são definidos de acordo com o setor e/ou prioridade do negócio. 

Veja abaixo quais são os tipos mais comuns: 

  • Indicadores de produtividade: São métricas utilizadas para avaliação do rendimento e eficiência da equipe de produção e/ou de máquinas utilizadas no processo;
  • Indicadores de qualidade: Diz respeito a possíveis desvios e irregularidades durante o processo produtivo;
  • Indicadores estratégicos: São aqueles relacionados aos objetivos macros da empresa, e possuem estruturação de médio a longo prazo. 

Dentro de cada uma dessas áreas, existem diversas ramificações que podem ser analisadas e medidas. Cabe ao gestor analisar quais delas fazem mais sentido dentro do desenvolvimento de seu negócio.

Listamos abaixo os KPIs mais utilizados. Veja. 

Turnover

É um indicador de desempenho relacionado ao setor de RH e diz respeito à rotatividade de funcionários dentro da empresa. 

Esse KPI é importante para avaliar questões como clima organizacional, efetividade de lideranças e motivação dos funcionários. Um nível alto de turnover pode causar problemas de desalinhamento e até prejudicar o alcance de metas, uma vez que integrar novos funcionários à equipe pode ser um processo desafiador. 

Para avaliar esse indicador, deve-se usar a seguinte fórmula: 

([Admissões mensais + Desligamentos mensais] ÷ 2) ÷ Total de funcionários.

Vamos supor que sua empresa tenha 100 funcionários e tenha realizado 5 admissões e 4 desligamentos em um mês. Logo, o cálculo será o seguinte:; 

  • (5 + 4) ÷ 2 = 4,5
  • 4,5 ÷ 100 = 0,045

Para obter o valor percentual, basta multiplicar por cem. Portanto, de acordo com o exemplo, o índice de turnover dessa empresa é de 4,5% 

Lucratividade

Todo negócio com fins lucrativos deve analisar esse indicador. É a partir dele que a empresa avalia o ganho obtido com o trabalho desenvolvido. 

Portanto, a lucratividade é um termômetro da saúde financeira do negócio. Ele deve ser analisado de perto uma vez que pode indicar uma série de problemas, tais como precificação defasada dos produtos/serviços, altos custos de produção, entre outros. 

O índice de lucratividade pode ser obtido pela fórmula:

(Lucro líquido / Receita de vendas) x 100

Vamos supor que a sua empresa tenha um faturamento anual de R$500.000,00 e os custos operacionais sejam de R$150.000,00. Isso significa que o seu negócio possui um líquido bruto de R$350.000,00. 

Para determinar o lucro líquido, você deve subtrair esse valor pelos custos fiscais anuais. Vamos supor que eles sejam de R$70.000. Nesse caso, deve-se realizar o seguinte cálculo: 

(R$280.000  de lucro líquido/ R$500.000,00 de faturamento anual) x 100 = 56% de lucratividade ao ano. 

Churn Rate

É o indicador de desempenho que avalia a taxa de clientes que finalizam o contrato com o seu negócio. 

Um número alto de churns pode indicar problemas como desalinhamento da equipe produtiva, baixa qualidade dos produtos/serviços, entre outras questões. Por isso, é uma métrica que deve ser analisada mensalmente, de modo que seja possível atuar com melhorias sempre que necessário. 

Para calcular a porcentagem de Churn deve-se utilizar a seguinte fórmula: 

(Clientes que cancelaram o serviço durante o mês/Clientes no início do mês) x 100

Digamos que sua empresa tinha 100 clientes no início do mês e ao final desse período houve uma defasagem de 10 deles. Logo, sua taxa de churn é de 10%. 

De acordo com especialistas, um número saudável de churn gira em torno de 7%.

Dica: utilize a metodologia OKR

A OKR (Objectives and Key Results) é uma metodologia interessante para definição de indicadores de desempenho. Trata-se de um sistema para criar alinhamento e engajamento em torno das metas e objetivos.

O mais interessante é que essas metas são definidas pelas próprias equipes. É levado em consideração os objetivos macros da empresa e cada departamento determina metas próprias que podem ajudar o negócio a alcançá-los

São definidos uma série de ciclos que giram em torno de 2 a 3 meses e podem chegar a no máximo 1 ano. Ao final desses ciclos, as metas são reavaliadas, podendo ser mantidas ou modificadas quando elas perdem seu propósito. 

Conte com a Workise para otimizar sua rotina de trabalho

Definir quais serão os indicadores de desempenho chave de seu negócio é apenas o primeiro passo. Para de fato alcançar os resultados almejados você vai precisar de organização. Nós da Workise podemos te ajudar! 

Com uma plataforma de gestão de projetos, como é o caso da Monday.com, é possível acompanhar de perto todos os processos, status de todos os projetos e atualizações diárias. 

Hospedada na nuvem, a ferramenta é moderna, intuitiva e prática. Ela centraliza todo o fluxo de trabalho de uma empresa em um só lugar, tornando a rotina muito mais ágil e simplificada. 

Faça um teste gratuito na plataforma e comprove suas funcionalidades. 

Array

Vamos tornar a sua gestão de processos mais otimizada?

Converse com um especialista
Política de Privacidade Política de Cookies Portal LGPD